Quem disse que para ter um cantinho bonito e confortável precisa-se gastar muito dinheiro? A proposta para essa sala era deixar o espaço limpo, feminino e bonito, gastando o mínimo possível. A proprietária desejava conforto e praticidade sem muito investimento em um apartamento para morar sozinha e por pouco tempo. Estava lançado o desafio!

 

Primeiro passo: transformar o retângulo “brancão” e sem graça em um espaço acolhedor. Apostamos na dobradinha gesso/iluminação e pintura de destaque, para dar cara nova, de imediato, ao ambiente. As portas também receberam pintura e os rodapés de cerâmica foram trocados pelos de alumínio natural.
Tudo isso já deu nova cara à sala. A cor sugerida foi o violeta misteriosa, da Coral, no acabamento acetinado que deu um ar bastante  acolhedor, além de feminino.
Vamos a etapa dos móveis. “O mínimo possível e o mais econômico possível”, foi o pedido da moradora.
Bastou um tampo, à princípio usado como mesa de refeição; dois banquinhos de apoio, um móvel basculante dando suporte à composição e fazendo as vezes de “barzinho”; dois puffs e um futton que, acreditem, nós fizemos!!! O segredo contamos no final da postagem!
Partimos para a outra etapa: Ampliar a sala e dar uma valorizada na parede do barzinho.
Apostamos, então, no velho e bom espelho, recurso preferido para esses casos. Como num passe de mágica, transforma-se uma sala em duas e ainda valoriza-se a iluminação.
Mas daí surgiu uma nova necessidade. A proprietária queria um espaço para TV, mas nem cogitava a aquisição de móvel planejado para isso.
Lançamos mão de três recursos que iriam dar o retoque final, além de atender à sua solicitação: gesso, prateleiras e tecido. Isso mesmo! O gesso ainda é um recurso muito barato que tem um efeito muito positivo na decoração, foi usado para fazer o painel na parede, as prateleiras podem ser encontradas em home centers e o tecido substitui o papel de parede, numa versão mais econômica e cheia de estilo.
Confira os resultados!

 

Vocês podem notar, nas fotos, a nova aquisição da moradora; uma mesa toda em vidro, com duas cadeiras, para substituir a bancada que servia antes como apoio para refeições.

A escultura de rosa, antes branca, ganhou o tom da parede violeta para compor o cantinho de refeição. Agora a cliente poderá investir em cortina e tapete, para dar mais aconchego ao seu espaço que acabou se transformando no preferido da casa! A TV também já pode ir para a sala!
O segredo do futton: Um colchão solteiro com uma capa em tecido bacana sobre uma porta de 800x2100mm pintada de branco, com pezinhos em alumínio. Pra complementar um rolo de espuma, num tecido listrado, deixando ainda espaço para muitas almofadas!

5 Comentários para “Criatividade e economia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *