Hoje não vamos falar da nossa casa de tijolinhos, fria, material…
Vamos lembrar da nossa primeira casinha, aquela quentinha, onde nos  sabíamos seguros, protegidos… Nossa casinha de amor!
A casinha não se desfez, nós ultrapassamos suas portas, mas o alicerce por trás dela ficou…
A nossa base, nosso lugar que podemos sempre voltar quando a “casa mundo” nos mete medo ou não nos trata como achamos merecer.
A casa confortável, espaçosa, que sempre cabe mais um, onde não sentimos frio, onde estamos seguros, onde quem manda mesmo é o coração…
O santuário que Deus nos presenteou,
sem o qual não estaríamos hoje
construindo os nossos castelos de sonhos!
Mamães, casinhas de amor, a vocês o nosso mais puro e sincero obrigada!
Parabéns por serem casinhas de Deus!
Categorias: Sem categoria

5 Comentários para “Primeiro lar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *